Taí uma curiosidade muito bacana e que eu nem sabia, que nem toda caminhada é considerada um Trekking. Você sabia que também existe o Hiking? Apesar do nome semelhante são duas coisas diferentes.

Primeiro é bom saber que o termo trekking/hiking surgiu há muito tempo atrás, lá pro século XIX e tem sua origem na língua africâner e foi usado pelos vortrekkes que foram trabalhadores holandeses que colonizaram a África do Sul. O termo Trekk significa locomover-se, migrar de um lugar para o outro levando consigo uma conotação de esforço físico e resistência. Com o tempo a palavra se inseriu no vocabulário inglês e até no português em 1922 por pessoas amantes da natureza para definir uma caminhada. Tá, mas o que o Trekking tem que o Hiking não tem? Bom, basicamente a duração.

Trekking e Hiking

A duração da caminhada é o que difere esses dois termos. Os Trekkings são caminhadas superiores a 1 dia, incluindo paradas para camping. Por exemplo, a caminhada até o acampamento base do Monte Everest de 16 dias ou a caminhada até o topo do Monte Roraima de 6 dias é considerado um Trekking. Já os Hikings são caminhadas de curta duração, de um dia ou que dure algumas horas e pode ser feito por pessoas sem um preparo físico avançado. Por exemplo, algumas trilhas do Rio de Janeiro como a do Pão de Açúcar ou a da Pedra da Gávea são consideradas hikings. Esse termo, hiking ainda é bem desconhecido aqui no Brasil e as pessoas continuam a usar o termo errado – trekking – para essa prática.

Bom, fica ai essa curiosidade bem interessante!

Comente pelo Facebook

comentários