Viajar pelo mundo inteiro, é o sonho de muita gente por ai e foi o que Graham Hughes,um inglês louco (no bom sentido da coisa) fez. Ele foi a primeira pessoa a largar tudo para viajar pelos 201 países do mundo, o detalhe maior é que Graham não usou nenhum transporte aéreo.

Graham é aventureiro, cineasta e apresentador de programa e integrante do livro dos recordes. Ele começou a sua jornada em Janeiro de 2009 e concluiu em Novembro de 2012, ao todo foram 1462 dias viajando por mais de 250 mil quilômetros com apenas £100,00 por semana, o equivalente a R$310,00. Seu deslocamento entre cidades e países nunca foi feito por avião ou dirigindo carro próprio, ele fez tudo usando ônibus, trens, navios de carga, barcos pesqueiros e até táxis. No decorrer de sua aventura Graham levantou fundos para a associação WaterAid e gravou um programa para o National Geograph.

Claro e como todo viajante Graham também passou por alguns momentos incomuns, como por exemplo, o barco que ele pegou para ir até a ilha de Cabo Verde estava furado, atravessou a fronteira do Iraque portando uma AK-47, dar banho em elefantes na Índia, no Congo ele foi preso por uma semana e foi salvo de fundamentalistas muçulmanos por um filipino transsexual. Isso é que é aventura hein!

Em determinados países ele não passou muito tempo, como no Brasil onde ficou apenas 1 dias, mas houve outros países que acabou passando mais tempo como Etiópia e Irã.

“Este planeta é nosso. É nossa casa. Durante muitos anos os poderes instalados decidiram onde podíamos e onde não podíamos ir. Isso acabou. Todos os países do mundo estão finalmente abertos, portanto vamos conhecê-los!” Afirmou Graham a um jornal britânico.

Por fim ele se sentiu muito agradecido a todos que lhe deram apoio nessa aventura e fez uma compilação de vídeos de sua viagem com 1 segundo para cada país, veja abaixo:

Agora o que o homem que viajou pelo mundo inteiro e conhece todos os países quer? Bom ele quer que mais pessoas que planejam isso deixem o medo de lado e o realizem, é uma experiência incrível.

Comente pelo Facebook

comentários