f

Get in on this viral marvel and start spreading that buzz! Buzzy was made for all up and coming modern publishers & magazines!

Fb. In. Tw. Be.

O Átomo de Bruxelas

Views 1.17k

Sabe aquelas construções futurísticas que vemos na TV ou na Internet? Pois é, Bruxelas na Bélgica tem algo um tanto que diferente e curioso. Esse lugar é conhecido como Atomium ou Átomo em português e é um dos cartões postais da capital Belga.

Sobre o Atomium

Essa gigantesca estrutura foi desenhada pelo engenheiro belga André Waterkeyn para a Exposição Internacional de Bruxelas de 1958. Ela tem 102 metros de altura, conta com 9 esferas de 18 metros de diâmetro cada, unidas por 20 tubos de 30 metros formando o que lembra muito bem a estrutura de um átomo.

Assim como a Torre Eiffel em Paris, o Atomium era apenas uma exposição e que seria removida no final, porém o lugar ficou tão popular no inicio dos anos 2000 que ele acabou sendo revitalizado em 2006 e hoje se tornou um simbolo de Bruxelas.

Além de ser a atração mais popular da capital e proporcionar a vista mais magnífica da cidade de Bruxelas, o Atomium oferece um passeio totalmente surpreendente e surreal através de seus espaços e volumes interiores, onde sempre há exposições sobre diversos temas, o que por si só faz a visita valer a pena.

Como chegar no Atomium?

Chegar no local é bem simples, sendo a melhor maneira de metro. Você pode tomar a linha verde na principal estação da cidade (Gare de Bruxelles-Nord) em direção a Heizel. Os tickets de metro devem custar pouco mais de 2 euros, mas é possível adquirir um passe para múltiplas viagens.

Visitando o Atomium

Como eu não havia comprado o bilhete online eu tive que comprar na recepção o que me custou algo como €8,50 valor estudantil. A entrada adulta custa €16,00. Ambas você pode comprar pelo site oficial. Em seguida passei por uma revista e depois chegamos no elevador que nos leva até a primeira esfera. Cada esfera tem um tipo de exposição diferente ou falam da história e construção do prédio. Vale lembrar que nem todas elas são abertas ao público, então só passei por algumas.

Antes de entrar no prédio eu fiquei me perguntando como é que anda por ele? Bom, basicamente cada tubo que liga uma esfera a outra é conectado por uma escada rolante ou de degraus e nos tubos do meio são conectados por um elevador. Cada tubo tem apenas um caminho de ida, ou seja, na escada que desce, não dá pra subir. Também cada esfera tem dois andares.

É meio confuso pois por dentro não temos uma noção de em qual esfera estamos e para qual estamos indo, porém dá para ter uma noção quando se vai chegando nas mais altas e vamos tendo uma vista mais panorâmica de todo a cidade. Ah, mas em cada esfera também há um mapa mostrando aonde você está.

Uma dica minha é; vá a noite também. Por não ser tão difícil chegar lá é possível dar uma passada por fora para ver como o local fica iluminado a noite. Vale super a pena.

É um passeio bem interessante e para não dizer o mais legal que fiz em Bruxelas, por isso recomendo uma visita.

Comente pelo Facebook

comentários

Post tags:

Olá! Meu nome é Leonardo, tenho 29 anos, sou de Brasília - DF, mas moro na Europa há mais de 4 anos. O desejo de viajar somou com uma frustração que aconteceu e me fez sair do Brasil. Eu amo viajar, conhecer lugares, pessoas e culturas, tanto que resolvi criar o blog Tô Longe de Casa para poder compartilhar com as pessoas todas essas minhas experiências pelo mundo.

You don't have permission to register