0
Shares
Pinterest Google+

Portugal além de ser um pais bonito também tem muito a oferecer no que se diz respeito a culinária. A comida portuguesa foi uma das coisas que mais gostei durante a minha passagem por lá.

Além do clássico bacalhau com natas e impossível ir a Lisboa e não comer os famosos Pasteis de Belém, também conhecidos como Pasteis de Nata. Os de Belém apenas levam esse nome pois são feitos em Belém. Há quem diga que o gosto e o mesmo do Pastel de Nata normal e há quem diga que não. Eu achei os dois deliciosos.

Pastéis de Nata

Sobre os Pasteis de Nata

Por volta do ano de 1837, em Belém, uma cidade perto de Lisboa, os monges do Mosteiro dos Jerônimo enfrentavam dificuldades consequência da revolução Liberal ocorrida em 1820. Numa tentativa de sobreviver e fazer um dinheiro a mais eles começaram então a fabricar e vender o que seria conhecido como Pastéis de Nata que com o tempo passaram a ser conhecidos como Pastéis de Belém.

Naquela época Lisboa e Belém eram apenas interligadas por embarcações e muitos turistas iam para região de Belém devido a Torre e também ao Mosteiro, foi quando os pastéis começaram a ficar conhecidos.

Devido a popularidade, em 1837 foi aberto em Belém a mais famosa pastelaria de Portugal e que atrai turistas do mundo inteiro. Logo a receita dos pastéis foi teve de ser guardada a sete chaves e apenas os chefes sabem, tento que manter segredo eterno.

Hoje em dia no entanto é possível encontrar os pastéis em qualquer lugar de Portugal e que levam o nome de Pastéis de Nata.

Receita de Pastel de Nata

Sim, lhes mostro aqui a receita desse doce delicioso. Por mais que a original seja guardada a 7 chaves em Belém, ainda é possível fazer e desfrutar de um sabor semelhante.

Ingredientes
1 litro de leite
2 cascas de limão
2 gravetos de canela
500 gramas de açúcar
100 gramas de farinha
2 ovos
10 gemas de ovos
500 gramas massa folhada

Modo de Fazer
Preaqueça o forno a 240º C. Numa panela, coloque o leite, as cascas de limão e a canela canela. Leve ao fogo até ferver e desligue.

Numa vasilha, misture o açúcar com a farinha. Acrescente a mistura ao leite, ainda bem quente, mexendo bem com uma colher. Retire as cascas de limão e a canela e deixe esfriar durante 10 minutos.

Junte os ovos inteiros e as gemas. Mexa com a colher até formar um creme homogêneo. Leve ao fogo novamente, mexendo sempre até engrossar.

Enrole a massa folhada formando um cilindro e corte em rodelas de 3 cm cada. Com a mão, forre pequenas formas metálicas espalhando bem a massa até a borda. Coloque o recheio nas formas e leve ao forno durante 15 minutos ou até dourarem. Sirva ainda quente.

Pastéis de Nata

Já experimentou um Pastel de Nata? Me diz ai o que achou!

Comente pelo Facebook

comentários

Post anterior

Praia Ribeira do Cavalo: Um paraíso perto de Lisboa

Próximo post

Um sobrevoo por Bled