0
Shares
Pinterest Google+

Você pode não ter ouvido falar sobre Abu-Simbel, mas com certeza em algum momento da sua vida pode ter visto a clássica imagem de 4 grandes estátuas sentadas dedicado ao Faraó Ramsés II.

Sobre o Templo de Abu-Simbel

Podemos dizer que o Templo de Abu-Simbel é composto por 2 templos, o de Ramsés II e de sua esposa Nefertari.

Ambos foram construídos por Ramsés II no século XIII A.C e uma das razões pelo qual ele ordenou a construção do templo era para mostrar para outras sociedades e superioridade que o Egito tinha.

A fachada do Templo de Ramsés II representa quatro figuras colossais dele mesmo. Ela tem 38m de largura, 33m de altura e as estátuas têm 20m de altura cada uma. A porta da fachada leva ao interior do templo onde é possível visitar diversas salas. A característica mais notável do templo de Abu-Simbel é que durante a manhã o sol entra na sala principal e ilumina as estátuas de 4 Deuses sentados no fundo dela.

Já o outro templo é dedicado à esposa de Ramsés, Nefertari. A fachada do templo possui 6 estátuas dela, cada uma com 10m de altura. Em cada estátua havia duas outras, menores, que representavam Ramsés. Dentro do templo também há mais algumas salas e estátuas menores, mas não é tão grandioso como o de Ramsés II.

A descoberta do Templo de Abu-Simbel

Com o passar dos anos que o local ficou abandonado a areia tomou conta de tudo, chegando a cobrir todas as estátuas. Em 1813 o suíço Jean-Louis Burckhardt encontrou uma parte do Templo de Ramsés, mas que só foi capaz de desenterrar o templo em 1817, conseguindo encontrar a entrada e todos os tesouros de Ramsés.

Mudança de local e reconstrução

O Templo de Abu-Simbel originalmente foi construído em um outro local, local esse que seria imundado pelo Lago Nasser devido a construção da represa de Aswan na década de 60. O governo do Egito e do Sudão, com o apoio da UNESCO, lançou um apelo mundial para salvar esses marcos colossais. Todo o templo foram praticamente serrados em grandes cubos e com sucesso e transferidos para um local a 60m acima do penhasco onde haviam sido inicialmente construídos. A reconstrução do templo demorou 5 anos.

Como chegar ao Templo de Abu-Simbel?

O Templo de Abu-Simbel fica há cerca de 300km de Aswan, a cidade grande mais perto, ou seja, 600km ida e volta. A partir de Aswan você só poderá ir com tour guiado, isso porque há alguns anos atrás a estrada que ligava Aswan até Abu-Simbel estava sendo alvo de ataques terroristas. Então os tours saem em horários específicos e dependendo até escoltados pela polícia. Atenção: Se for optar pelo tour eles exigem que você reserve com pelo menos 2 semanas de antecedência.

Eu não sei até que ponto as informações acima são verdadeiras, pois vi gente que reservou na hora e gente que foi sem ser com tour, mas são as informações oficiais.

Outra opção é ir de avião. Abu-Simbel também é o nome de uma vila que tem no local e que por incrível que pareça, possui um aeroporto que recebe voos comerciais. Porém se for de avião prepare-se para desembolsar uma grana, os voos não costumam ser baratos.

Quanto custa visitar Abu-Simbel?

Bom, como dito acima você precisa ir de tour. O valor do tour vai variar muito e ele incluí apenas o translado, não a entrada no sitio arqueológico. Eu comprei o meu tour em um Hostel em Aswan e me custou $22,00 ou R$88,00.

Chegando lá você precisa comprar o bilhete de entrada. Existem diversos tipos, estudante, adulto, com direito e sem direito a foto no interior do templo. Eu comprei o que não dava direito a foto e custava EGP200,00, algo como R$47,00. Decidi por esse porque na verdade não tem como controlar quem tá tirando foto ou não e se pegarem no máximo vão pedir pra apagar.

Visitando Abu-Simbel

Eu já havia reservado o tour muito antes de chegar ao Egito. No dia que cheguei a Aswan eu já fui direto no hostel onde tinha reservado para pagar e checar todos os detalhes.

No dia marcado a van saiu do centro de Aswan às 4:00am e chegou no templo por volta das 7:40am. Na estrada nada de muito especial, apenas areia por todos os lados. Assim que entrei na van eu dormi e só acordei lá.

Chegando lá nós eramos um dos primeiros, então o motorista deu os horários para gente, tínhamos que estar de volta no estacionamento às 10:00am ou ele iria embora sem a gente.

Fui rapidinho comprar meu ingresso e caminhei bem rápido para o templo, pois mais ônibus de excursões estavam chegando e eu queria pegar o lugar vazio. Chegando lá eu me deparei com aquele monumento colossal. O Templo de Ramsés II estava vazio, apenas poucas pessoas, foi o tempo suficiente para tirar poucas fotos do lado de fora antes que um grupo de uns 100 chineses chegassem no local.

Dentro do templo é muito interessante. São diversas salas, além de algumas estátuas e muitas inscrições em hieróglifos por todas as parte, inclusive no teto. Você pode passar as mãos nas paredes, sentir cada simbolo e imaginar por quem e quando aquilo foi feito.

Dali eu fui caminhando até o Templo de Nefertari, que fica bem do ladinho, cerca de 3 minutos de caminhada e ambos voltados para o Lago Nasser. O templo da esposa de Ramsés II é um pouco menor, mas também cheio de beleza. Ali é possível saber o quão apaixonado Ramsés era por Nefertari, pois naquela época era muito difícil um faraó construir um templo para sua mulher.

Gostou de conhecer o Templo de Abu-Simbel? Comenta ai embaixo o que achou!

Comente pelo Facebook

comentários

Post anterior

4 praias para visitar em Zakynthos

Próximo post

Praia Ribeira do Cavalo: Um paraíso perto de Lisboa