0
Shares
Pinterest Google+

Londres é uma cidade bem cosmopolita, movimentada e corrida. O Rio Tâmisa e os prédios modernos às suas margens formam um belo contraste de paisagens, cores e formatos. Um desses prédios chama mais a atenção que os outros, estou falando do The Shard London, o prédio mais alto da Europa.

Sobre o The Shard London

O The Shard ou Shard London Bridge é um arranha-céu em formato de pirâmide inaugurado em 2012 e considerado o prédio mais alto da Europa Ocidental e o mais alto da União Europeia com seus 310 metros.

O prédio tem 72 andares​​, com um terraço panorâmico e uma galeria de observação ao ar livre, sendo ela a mais alta do Reino Unido. Ele foi projetado em um formato de pirâmide irregular a partir da base até o topo e foi vestido inteiramente de vidro dando a ele um design super moderno.

Como chegar no The Shard?

Para chegar no The Shard é muito simples, pois ele fica bem no centro de Londres e do ladinho da Tower Bridge. Saindo da Kign’s Cross (principal estação de Londres) basta pegar a linha Northern de metro direção Morden e saltar na estação London Bridge. O prédio fica a poucos passos da estação.

Visitando o The Shard

O The Shard, como a maioria dos prédios em Londres é um centro empresarial, mas que possui um mirante no topo onde pode ser visitado. Para acessar o mirante é preciso primeiro comprar um ticket que dá acesso ao The View do The Shard. Eu recomendo comprar online para evitar filas.

Ao comprar o ticket você precisará escolher um dia e horário para subir e só poderá usá-lo nessas respectivas datas e horários. Os valores dos tickets variam muito, quando eu fui paguei £17.00, mas a última vez que vi estava por £32.00 ou uma bagatela de R$150,00.

Chegando no The Shard você não entra pela porta principal do prédio, do lado de fora há uma passagem para o subterrâneo e é lá que é a entrada para aqueles que vão visitar o The View.

Lá logo de começo há uma checagem dos tickets e também toda uma revista com Raio X, quase igual a de um aeroporto, então tem que tirar tudo que é de metal do corpo e colocar a mochila para passar no Raio X.

Dali há uma pequena caminhada pelos corredores até o elevador número 1 que nos leva até metade do prédio onde pegamos o elevador número 2 que nos deixa no 68 andar. Um detalhe legal é que os elevadores são extremamente rápidos e em questão de segundos você já está no topo.

Saindo do elevador nós chegamos no primeiro andar do The View, uma sala toda de vidro onde há um quiosque/bar vendendo alguns drinks e petiscos e também onde já era possível ter uma bela vista de Londres.

Nesse andar há uma escadaria que leva para o andar de cima, porque lá é onde há uma área aberta ao ar livre e que a vista, assim como a debaixo, é linda. Alguns pontos interessantes de ver é a Tower Bridge, London Eye além de toda a complexidade da cidade cortada por linhas de trem e pelo Rio Tâmisa.

Visitar o The Shard é bom para da ruma escapada dos pontos mais clichês de Londres, como por exemplo a London Eye, onde todos acreditam que é o lugar que proporciona a melhor visão da cidade.

Comente pelo Facebook

comentários

Post anterior

Guinness Storehouse: A fábrica da cerveja preta Irlandesa

Próximo post

Meus trabalhos e salários na Irlanda