0
Shares
Pinterest Google+

Quando falamos em Irlanda logo pensamos em trevo de quatro folhas, duendes e ovelhas, mas se tem uma coisa que os irlandeses fazem bem é beber, não é a toda que é na ilha onde é produzida uma das cervejas mais conhecidas do mundo, a Guinness. A cerveja preta irlandesa é encontrada em praticamente todos os pubs do país , quase uma atração nacional. Uma das curiosidades é que a fabrica dela fica em Dublin e é possível fazer uma visita bem legal.

Curiosidade sobre a Guinness

A Guinness teve inicio lá em 1759 quando um homem chamado Arthur Guinness alugou um galpão em Dublin para começar a produzir a própria cerveja. Mal sabia ele o sucesso que seria e mesmo após 300 anos os ingredientes continuam iguais: Malte irlandês, água de Dublin, lúpulo e levedura.

60 países ao redor do mundo produzem a cerveja que por sua vez é comercializada em 120 países. Ela é a 6ª maior cervejaria do mundo a ainda é dona de algumas outras marcas locais na Irlanda como Harp, Kilkenny, Red Strip, Kaliber, Smithwick’s Ale. Por ano são consumidos cerca de 10 milhões de copos de Guinness em mais de 170 mil pubs ao redor do mundo. A produção da cerveja bate a casa de 2 milhões de litros por ano.

Quanto custa visitar a Fábrica da Guinness?

Comprando online pelo site da Guinness Storehouse você paga um pouco mais barato do que comprando no local. Online o ticket adulto ou estudante sai por €18.50, mas caso você decida comprar na hora ele sairá por €20.00.

Guinness Storehouse: A fábrica da Guinness

Com o sucesso da cerveja a empresa decidiu então abrir ao público sua fábrica e mostrar de perto como é a produção. Com o passar do tempo a Guinness Storehouse se tornou a atração número 1 na Irlanda. O passeio é praticamente em um copo de cerveja gigante, que possui 7 andares e em cada andar você conhece um pouco da história e fabricação da cerveja de formas bem interativas. No último andar há o Gravity Bar, um bar com vista de 360° para a cidade de Dublin

Como é a visita na Fábrica da Guinness?

Assim que você entra no prédio pelo térreo onde você pode comprar seu ticket, pegar um folheto explicativo disponível em várias línguas e acessar o térreo onde você passa por uma loja de souvenirs, andando um pouco mais entramos na primeira sala onde é explicado um pouco sobre os ingredientes da Guinness. O legal é que a maioria vem da própria Irlanda, inclusive a água usada na cerveja que vem das montanhas irlandesas.

No 1º andar temos uma amostra de como é feito a fermentação da cerveja. Há diversos toneis e barris e apresentações interativas sobre esse processo. Lá também é contado um pouco da história de Arthur Guinness. Após passar pela área de fermentação somos levados para o 2º andar onde temos uma experiência de sabor da Guinness. Lá nos é oferecido uma mini Guinness e somos conduzidos pelo apresentador a como sentir o cheiro e como degustar mais a cerveja.

No 3º andar é uma amostra de toda as ações publicitárias da marca desde o seu surgimento. A Guinness é uma das líderes e companhas publicitárias na Irlanda com peças muito bem elaboradas e criativas. Ali percebemos que a criatividade por trás do marketing não é algo novo, mas algo que vem de muito tempo atrás.

No 4º e onde nós podemos dar uma de Barman e encher o nosso próprio copo de Guinness. Quem vê assim até acha que é fácil, mas existe todo um método para encher. Você não pode simplesmente colocar no copo de uma vez pois isso estraga a cerveja, tem que ser aos poucos e até a metade, depois é preciso esperar por alguns segundos até a espuma subir até continuar enchendo até o fim. Eu não cheguei a fazer a minha pois a fila estava muito grande.

Por fim no 5º andar temos um foodhall, onde você pode degustar um pouco da comida irlandesa. Do 5º pulamos para o último, o 7º andar onde está o Gravity Bar, um bar de vidro de 360° onde temos uma bela vista da cidade. O seu ticket te dá direito a beber 1 pint de Guinness de graça.

Como chegar a Fábrica da Guinness?

A Fábrica da Guinness não está necessariamente localizada no centro de Dublin, fica localizado há uns 15 minutos de ônibus do centro. A melhor opção é pegar o ônibus número 40 que custa cerca de €2,60 e passa na D’Olier Street e pedir para o motorista parar no ponto da Guinness. O local fica há uns 5 minutos andando do ponto de ônibus.

O lugar já foi eleito como uma das melhores atrações turísticas da Irlanda e com certeza vale uma visita caso você esteja em Dublin.

Comente pelo Facebook

comentários

Post anterior

Blausee; Um lago azul nos alpes suíços

Próximo post

The Shard: A vista mais alta de Londres