Home»Europa»O Museu do Sexo em Amsterdam +18

O Museu do Sexo em Amsterdam +18

0
Shares
Pinterest Google+

Certeza que você já visitou diversos museus sobre diversos assuntos, mas acredito que nenhum tenha sido tão inusitado ou bizarro quanto esse que vou comentar hoje. Amsterdã é uma cidade incrível e onde você encontra de tudo, até mesmo um museu dedicado apenas ao sexo, que vai desde a história atém algumas “putarias” e bizarrices.

Então já vou avisando que as fotos a seguir são um tanto que explicitas e se você trata sexo como tabu ou ainda acha que nascemos de um brotinho de feijão é melhor nem prosseguir.

O Museu do Sexo de Amsterdã ou o Templo de Vênus como chamam por lá foi o primeiro do mundo, depois dele muitos outros foram criados em outras cidades. Com cerca de 500 mil visitas por ano ele é um dos mais importantes do ramo e contém itens que vão desde fotos, vídeos, estátuas e objetos de teor sexual e todo esse conteúdo foi reunido pelo próprio dono do museu. Com o slogan “Sexo é a coisa mais natural do mundo” o lugar atrai curiosos de todos os cantos do mundo.

Como chegar ao Museu do Sexo de Amsterdã?

O Museu do Sexo está localizado bem no centro de Amsterdã, ao lado do canal na Damrak Street. É bem pertinho da Amsterdam Centraal, a principal estação de trem da cidade, então não há erro.

Quanto custa visitar o Museu do Sexo de Amsterdã?

A entrada no Museu do Sexo custa €5,00, você pode pagar no dinheiro ou cartão e a idade minima para entrar no museu é de 16 anos. Não há restrições em relação a fotografar e filmar.

Como é a visita no Museu do Sexo de Amsterdã?

O museu é dividido em várias salas espalhadas em um prédio do século XVII, um grande casarão em que todas as salas se conectam através de escadas e corredores. Um grande labirinto do prazer hahah. O lugar não é tão grande assim, então dependendo do seu interesse a visita não durará mais que 30 minutos.

Logo na entrada você já tem alguns manequins vestido com alguns trajes bem peculiares. Caminhando um pouco mais você pode ir visitando as diversas salas do local. Algumas são repletas de fotos pornográficas de tudo quanto é tipo, mas que retratam como era as experiências sexuais nas últimas décadas. Há também seções que mostram objetos antigos e o sexo na antiguidade.

Detalhe que no fundo tem um áudio de um casal transando o tempo inteiro hahaha, eles não param de gemer, até que chega um ponto em que a gente se pergunta; Como é casal? Vai ou não vai? haha

Bom, nem tem muito o que falar. O Museu do Sexo de Amsterdã é interessante, mas a minha opinião é que é meio bobinho. Vale uma visita caso você esteja de bobeira na cidade, apenas por passatempo, mas não é algo que eu indico ser obrigatório.

Comente pelo Facebook

comentários

Post anterior

Como é viajar de trem pela Europa com Eurail?

Próximo post

A beleza alpina de Kandersteg na Suíça

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *