Home»Europa»Stonehenge: Tudo o que você precisa saber

Stonehenge: Tudo o que você precisa saber

0
Shares
Pinterest Google+

Garanto que todo mundo, ao menos uma vez na vida, já viu esse lugar! Ele foi bem popular como papel de parede do Windows alguns anos atrás, se chama Stonehenge, fica no sul da Inglaterra e é considerado um dos lugares mais questionantes e misteriosos da terra.

Stonehenge Foto: Shutterstock / Justin Black
Stonehenge
Foto: Shutterstock / Justin Black

Sobre Stonehenge

O nome Stonehenge tem base no inglês arcaico, onde “Stone” significa Pedra e “Hencg” significa Eixo. Até hoje ninguém sabe muito sobre essas pedras, elas são um dos monumentos mais enigmáticos da era do bronze na Inglaterra. Sabe-se ao menos que o lugar tem origem há mais de 5000 A.C, mas a forma com que as rochas foram empilhadas ainda é um mistério, afinal, cada uma possui mais de 40 toneladas. Historiadores acreditam que o lugar era uma espécie de cemitério antigo já que restos mortais já foram encontrados na região.

Acredita-se que sua construção tenha sido dividida em 3 partes. A primeira foi uma estrutura de madeira feita em uma vala de 97,54 metros de diâmetro e que tinha relação com as fases da lua.

A segunda parte foi construída com pedras azuis vindas da região do País de Gales e a expansão da área com mais de 30 pedras formando um círculo externo e uma espécie de estrada que levava ao círculo interno e que tinha ligação com o nascer do sol no primeiro dia do verão.

Na terceira parte da construção as pedras azuis foram derrubadas para a colocação das grandes pedras que conhecemos hoje. Pesquisadores acreditam que algumas cerimônias religiosas eram realizadas no local, onde aconteciam alguns sacrifícios e rituais de adoração ao sol.

Stonehenge no Solstício de Verão

Acredita-se que no passado haviam rituais de adoração ao sol, bom, realmente há uma época do ano que ocorre um fato inusitado com o sol em Stonehenge, é no de solstício de verão em Junho (dia mais longo do ano). Nesse dia o sol costuma a se pôr por volta das 23h, mas o detalhe é que esse é o único dia do ano em que é possível ver o sol no meio de duas das principais pedras do lugar. Nesse dia a English Heritage, empresa que gerencia o lugar, fornece a entrada gratuita e retira a faixa de contenção das pedras, ou seja, é o único dia do ano em que as pessoas pode circular entre as pedras e até dormir lá e também quando é permitido algumas celebrações.

Stonehenge no Solstício de Verão
Stonehenge no Solstício de Verão Foto: Shutterstock / 1000 Words

Como chegar em Stonehenge? Quanto custa?

Stonehenge está cerca de 140km de Londres e uma das melhores formas de se chegar é indo de trem para a cidade de Salisbury e de lá pegar o ônibus turístico que vai para Stonehenge. Você pode pegar o trem na Waterloo Station em Londres com destino a Salisbury, esse trecho ida e volta custa em torno de £35,00 e você pode comprar pelo site da South West Trains.

Chegando em Salisbury você ainda terá que pegar um ônibus até Stonehenge, pois ele fica cerca de 14km do centro da cidade. Não há ônibus público para lá, o único meio de transporte é através de um ônibus de turismo que dá uma pequena volta na cidade e depois vai direto para as pedras. Apenas o ônibus para o local custa £15,00, mas você pode comprar o ônibus + os tickets de entrada (Stonehenge + Old Sarum) que sai por volta de £29,00. Aconselho a comprar essa última opção, pois com ela você entra direto no complexo, sem ter que pegar a gigantesca fila. Assim que o ônibus te deixar no centro de visitantes você terá que embarcar em um outro mini ônibus e percorrer mais 2,5km até chegar no ponto mais próximo das pedras. Esse mini ônibus já está incluso na entrada.

Onde comprar?

Com exceção das passagens de trem para Salisbury, todo o resto você pode deixar para comprar na própria cidade. Há um centro de informações turísticas que vende todos os tipos de tickets e você pode comprar lá pagando no dinheiro ou cartão ou então você pode comprar direto no ônibus com o motorista. Com o ticket em mãos você pode ir nos pontos de ônibus específicos espalhados pela cidade para pegá-lo. Com esse ticket você pode subir e descer do ônibus quanta vezes quiser.

Visitando Stonehenge

Após uma volta rápida pela cidade eu fui até o centro de informações turísticas onde comprei o ticket de ônibus que dava direito a entrar em Stonehenge e Old Sarum, um outro lugar que falarei depois aqui no blog. No centro de visitas a moça me deu um mapa e me explicou tudinho sobre o lugar, em seguida eu fui ao ponto de ônibus esperá-lo. O ônibus dá uma rápida volta por Salisbury explicando um pouco sobre a cidade e em seguida pega a estrada com destino a Stonehenge.

Chegando lá ele nos deixou em um estacionamento onde pude pegar um áudio guia (incluso no valor) que explicava sobre o lugar, esse áudio tem disponível em vários idiomas exceto em português. Depois caminhei alguns metros até o centro de visitantes do lugar, lá tem lanchonete, loja de souvenirs e também a bilheteria onda há uma fila imensa para quem não tem ticket, como eu já tinha o meu eu nem precisei pegar fila, entrei direto. Ao acessar o interior do centro fui pegar um pequeno ônibus que leva até as pedras e em menos de 5 minutos já estava lá.

Ao descer do ônibus há um caminho a se seguir até as pedras, nada de muito longe, dali mesmo é possível vê-las. Infelizmente e por questões de preservação não é possível andar entre as pedras ou tocá-las, há uma faixa de contenção, então você apenas pode contorná-las pelo caminho que tem ao redor. Apenas uma parte desse caminho fica bem próximo as pedras, então é ali que é bom para tirar fotos e consequentemente onde a maior parte de massa das pessoas se concentram. Dos outros pontos é possível ver, mas um pouco de longe.

Siga seu passeio com calma, leve algo para fazer um pique-nique ali, ouça as histórias no áudio-guia, tire uma tarde toda apreciando o lugar, aproveite a energia e cada momento que Stonehenge oferece. Uma das coisas mais interessantes no local é a preservação com que está. Antigamente turistas costumavam quebrar pedacinhos das pedras para levar para casa, mas hoje é proibido chegar perto. Ainda por ser uma das atrações turísticas mais visitadas do mundo, o lugar tem aquele clima do interior, não há quase nada por perto a não ser o centro de visitantes que não é tão grande assim.

É impossível olhar para aquelas pedras imensas e não pensar no modo em que foram postas ali e no porquê disso. O lugar é bem interessante, sem falar da paisagem a volta que é de tirar o fôlego as vezes. Se você for a Inglaterra, tire um dia para fazer uma visita até o Stonehenge, não vai se arrepender.

Comente pelo Facebook

comentários

Post anterior

Trolltunga, uma das trilhas mais bonitas do mundo

Próximo post

Belfast: A cidade dividida por um muro

2 Comments

  1. […] 2016 eu fui para Londres com o intuito de conhecer a cidade e também visitar Stonehenge. Dessa vez o meu anjo da guarda foi o Rob, um americano que vivi em Londres há muitos anos. […]

  2. […] e um lugar onde podemos encontrar diversos sinais é na Inglaterra. O país além de ser a terra de Stonehenge também conta com outras atrações antigas, uma delas são as ruínas de Old […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *