0
Shares
Pinterest Google+

Se quando você pensa no Paraguai logo vem à sua mente a imagem de compras baratas e muambeiros carregando sacolas abarrotadas de produtos ilegais, pode rever já os seus conceitos. Além das pechinchas, existem várias outras razões pelas quais vale fazer uma visita ao país.

Nossos vizinhos ‘hermanos’ possuem também uma rica história, cultura forte, gastronomia sofisticada, animada vida noturna, grandes belezas naturais e clima agradável, entre outros atrativos. Veja nove motivos para visitar o Paraguai além de fazer compras:

Conhecer Assunção

Imagem: Shutterstock / Paulo Nabas
Imagem: Shutterstock / Paulo Nabas

A capital paraguaia tem tudo aquilo que se espera de uma grande metrópole: muita história, uma ampla rede hoteleira, intensa programação cultural e gastronômica e, claro, diversas opções de compras! Atrações turísticas não faltam. Veja aqui um guia do UOL Viagens de onde se hospedar e o que fazer enquanto estiver em Assunção.  O Panteón de los Héroes, a Catedral Metropolitana, a Casa de la Independencia, o Palacio de López e o Manzana de la Rivera, mais antigo centro cultural do país, são visitas obrigatórias durante sua estadia na primeira cidade do Paraguai.

Curtir a noite Assuncena

Assunção tem uma vida noturna bastante agitada, com pubs, bares e baladas para todos os gostos. Mas atenção, lá as baladas costumam começar tarde, sendo que as pistas bombam por volta da 1h da manhã. O ponto alto das festas é quando os DJs tocam o reggaeton, estilo musical que mistura hip hop e reggae com uma batida tipicamente latina. Não deixe de conferir o concorrido Paseo Carmelitas, um centro de entretenimento com diversos restaurantes e casas noturnas num lugar só.

Fazer turismo rural

Outro ponto forte do Paraguai é o seu turismo rural. São diversas opções de estâncias e ranchos com ótima estrutura e prontos para receber os mais exigentes visitantes. Passear a cavalo, fazer caminhadas nas trilhas, andar de charrete, observar a lida do curral e apreciar a gastronomia típica são apenas algumas das inúmeras atividades que você pode fazer por lá. Para mais informações, acesse o site da Associação Paraguaia de Turismo Rural.

Ver as ruínas jesuíticas

Imagem: Shutterstock / Aleksandra H. Kossowska
Imagem: Shutterstock / Aleksandra H. Kossowska

Assim como o Brasil, o Paraguai foi sede de missões jesuíticas durante o século XVIII. Também chamadas de reduções, o país abriga as ruínas de duas delas em excelente estado de conservação: a de Trinidad e a de Jesús de Tavarangue. Esta última, inclusive, é tombada como Patrimônio Histórico da Unesco. Elas ficam a apenas 250km de distância da fronteira com o Brasil, em Foz do Iguaçu, e definitivamente valem uma parada.

Descobrir a gastronomia local

Imagem: Shutterstock / picture4you
Imagem: Shutterstock / picture4you

Quem quer mergulhar de cabeça na gastronomia local não pode deixar de provar o terreré, bebida feita com erva-mate e prima do chimarrão, bastante comum entre os paraguaios. De preferência, tome uma cuia apreciando junto uma chipa, que é um salgado típico feito de queijo e polvilho. A carne paraguaia também é famosa, assim como a sopa de surubi. E se o orçamento estiver meio apertado, não tem problema, veja aqui meu post com dicas sobre o que comer durante um mochilão.

Desfrutar das belezas naturais

Imagem: Shutterstock / Attila JANDI
Imagem: Shutterstock / Attila JANDI

O Paraguai também é dono de belos cenários selvagens e atrações naturais, com uma variedade de florestas, serras, cachoeiras, lagos, vegetação nativa e animais silvestres. Há diversos parques nacionais espalhados pela região do Chaco e por todo o país, como o Tinfunqué, o Médanos del Chaco e o Cerro Cabrera Timané. Mas não é preciso ir longe para praticar o ecoturismo. Vizinha à capital, na cidade de Paraguarí, está a reserva Mbatovi, onde é possível fazer rapel, andar de tirolesa e se aventurar pelo meio da mata.

Jogar nos cassinos

Como aqui somente o jogo online é liberado, em sites como Betsson e outros, quem gosta das luzes dos caça níqueis ou da animação das mesas de poker, black jack e roleta tem que conhecer os cassinos do Paraguai. Muitos deles incluem shows e karaokê na programação noturna, além de bares, boates e bons restaurantes. Seja para apostar ou mesmo como opção de entretenimento, é uma boa pedida para se divertir por algumas horas.

Nadar no Lago Ypacaraí

A menos de 50km de Assunção está localizado o charmoso balneário de colonização alemã chamado San Bernardino, ou Sanber para os locais. Ele fica à beira do lago Ypacaraí, um dos maiores do país e perfeito para mergulhos ou para a prática de esportes aquáticos durante o verão. Como o Paraguai não tem litoral, o lago se torna a ‘praia’ e ponto de encontro nos meses de calor. Por lá existem muitos restaurantes e barzinhos, onde você pode sentar e curtir o visual.

Ver as Cataratas

Imagem: Shutterstock / Det-anan
Imagem: Shutterstock / Det-anan

Ok, as Cataratas do Iguaçu não estão exatamente em solo paraguaio, mas caso você esteja fazendo compras em Ciudad Del Este vale atravessar a Ponte Internacional da Amizade e dar uma esticadinha até Foz do Iguaçu para ver as Cataratas, uma das 7 Maravilhas Naturais do Mundo. Apesar das fotos das quedas serem incríveis, é só indo lá conferir pessoalmente que você tem noção da grandiosidade do lugar. Pode me agradecer depois.

Comente pelo Facebook

comentários

Post anterior

O Palácio de Versalhes: Vale a pena ou não?

Próximo post

Um passeio por Killiney Hill em Dublin

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *