0
Shares
Pinterest Google+

Paris com certeza é uma das melhores cidades do mundo, bom, ao menos eu tive essa impressão de lá, tanto que eu nem queria mais voltar. A cidade é gigante e a variedade de lugares para conhecer é muita, eu mesmo não consegui ir em todos os lugares, mas vou comentar aqui de um que marquei presença, o Arco do Triunfo Francês (Arc de Triomphe).

A história por trás do Arco

Tudo começou com Napoleão Bonaparte em 1806, quando ele ordenou a construção de um arco projetado pelo arquiteto Jean Chalgrin para homenagear seu exército e glorificar os heróis das guerras. A construção porém foi bem demorada, só os alicerces (a base do monumento) levaram 2 anos para ficarem prontos. A obra sofreu diversas pausas ao longo de 30 anos, sendo concluída apenas em 1836 no reinado de Luís Felipe. O Arco do Triunfo possui 49,5 metros de altura, 40 metros de largura, 20 metros de profundidade e foi inspirado em construções mais antigas do gênero. O grande monumento é um simbolo do país e leva marcado diversos nomes de quem foi importante para nação além também de ter na sua base desde 1921 o túmulo de um soldado desconhecido da 1ª guerra mundial.

Visitando o Arco do Triunfo

A visita ao Arco do Triunfo pode ser dividida em duas partes, para aqueles que apenas olham por fora e para aqueles que querem subir até o terraço e ter uma bela visão de boa parte da cidade. O Arco fica localizado dentro de uma rotatória e atravessar a rua a pé é quase impossível e um desrespeito, por isso em cada lado há uma passagem subterrânea que vai dá praticamente de frente para o arco. A partir dali você pode andar por todo o lado e inclusive passar por debaixo dele observando atentamente os detalhes e os nomes marcados no monumento.

Na estrutura do monumento estão 30 medalhões que simbolizam 30 importantes batalhas travadas pelo exército francês. Na parte de dentro do arco é possível ver diversas imagens talhadas com referencia à marinha, infantária e as demais guarnições francesas e o nome de seus oficiais.

Se você quiser também pode subir até o topo dele, eu não fiz isso porque me falaram que apesar da vista não compensa muito pagar o preço, ainda mais para quem já vai subir na Torre Eiffel depois. Quem vai até o topo pode ter uma vista de toda Champs-Elysées até quase o Museu do Louvre, além de ver também da Torre Eiffel e boa parte da cidade.

Quanto custa visitar o Arco do Triunfo?

Bom, você pagará um valor apenas se for subir no monumento, caso contrário é gratuito apenas ver. Se você for subir as tarifas (setembro/15) são:

Adultos: €8,00
Estudantes: Grátis (até 17 anos)
Estudantes: €5,00 (de 18 a 25 anos)
Grupos: €6,20 (a partir de 20 adultos)

Os ingressos podem ser adquiridos no subterrâneo do Arco e o lugar é todo sinalizado com placas que mostram onde comprar os tickets. Para subir basta chegar até a base do arco onde há as escadas ou elevador se preferir. O lugar fica aberto de 1 de Abril há 30 de Setembro das 10h às 23h e de 1 de Outubro a 31 de Março das 10h às 10h30. Fica fechado exclusivamente no dia 1 de janeiro, 1 de maio de 8 de maio de manhã, 14 de julho de manhã, 11 de novembro e 25 de dezembro no período da manhã.

Como chegar ao Arco do Triunfo?

Bom, isso basicamente vai depender de onde você estiver em Paris. O mais aconselhável é ir de metro ou trem que lá é conhecido como RER. Vale lembrar que em todas as estações em Paris há metro, mas em nem todas há o trem. A estação mais próxima do Arco do Triunfo é a de Charles de Gaulle-Étoile e lá passam as linhas 1 (amarela), 2 (azul) e 6 (verde claro) de metro e a linha RER-A (vermelha) de trem. Tudo que você precisa fazer é chegar a Charles de Gaulle-Étoile a partir de onde você está. Aconselho a baixarem o app “Paris By Metro“, nele você pode colocar o seu destino final e ele lhe dará a rota e os metros/trens que você deve pegar. A passagem custa apenas €1,80 dentro de Paris.

Visitar o Arco do Triunfo é sensacional, na hora em que eu olhei pro lado saindo da estação e que vi o tamanho daquilo fiquei muito feliz, afinal, só tinha visto antes pela TV. Bom, espero que se um da você for a Paris não deixe de conhecer e aproveitar as dicas aqui!

Comente pelo Facebook

comentários

Post anterior

Croagh Patrick: Trilha na Montanha Sagrada Irlandesa

Próximo post

Couchsurfing: Mais do que hospedagem gratuita

3 Comments

  1. […] clássico dia de turista, afinal, estava em Paris e falem o que quiser, mas eu precisava conhecer o Arco do Triunfo, Torre Eiffel e Museu do Louvre. Cheguei na estação, peguei o trem e logo em seguida o metro. Fui […]

  2. Guilherme Brush
    15 de dezembro de 2015 at 14:39 — Responder

    Olá Leonardo, tudo bem ?

    Estarei em uma rápida passagem por Paris por conta de uma escala e gostaria de saber se consigo no Arco do Triumpo vindo do Aeroporto Charles de Gaulle (pegando o RER B) , descendo na Châtelet – Les Halles e trocando para o (RER A) até a Gare Charles de Gaulle-Étoile .

    Sabe me dizer se posso utilizar o mesmo ticket ou precisarei comprar outro? Sabe o valor ?

    Obrigado.

    • 16 de dezembro de 2015 at 18:07 — Responder

      Oi Guilherme! Não tenho certeza, mas creio que o ticket do RER B te dá direito a utilizar o RER A, mas existe um limite de tempo para poder usar. Caso queira você pode comprar o Ticket Visit Paris das zonas 1 a 5. Com ele você pode pegar qualquer transporte sem limite de tempo e válido por 1 dia. Se não me engano o Visit Paris das zonas 1 a 5 está custando algo em torno de 23 euros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *