Home»Europa»Trilha nos Cliffs de Howth

Trilha nos Cliffs de Howth

0
Shares
Pinterest Google+

A Irlanda pode ser uma ilha bem pequena, mas engana-se quem acha que aqui não há belas trilhas à beira mar ou em montanhas. Hoje em especial eu vou falar de uma que fiz perto da capital Dublin, mas precisamente na cidade vizinha, Howth.

Antes de tudo vale lembrar que ela não é a melhor trilha do mundo, eu digo isso pois já fiz algumas melhores, então quem já é acostumado a fazer não vá esperando algo extraordinário. Ah mas o que deixa a desejar? Basicamente o fluxo de turistas! Por estar pertinho de Dublin quase todo mundo vai pra lá, então os primeiros quilômetros da trilha é bem movimentada. Por sorte ela é bem longa, então quanto mais se anda, menos pessoas se vê.

Sobre Howth

Howth basicamente é uma vila portuária localizada no condado de Fingal, há cerca de 14km do centro de Dublin. A vila é até que grande. Lá você pode encontrar diversas lojas, alguns parques, um castelo, o porto da cidade e muito mais. Ah, vale lembrar que já tem um post falando de Howth aqui no blog, clique aqui para ver.

Os tipos de trilhas em Howth

No lugar existem 4 trilhas, cada uma com uma distância e um nível de dificuldade diferente e você pode saber disso pegando um mapa que é distribuído no centro de visitantes da cidade. A trilha que eu escolhi fazer foi a Bog of Frogs loop, e você pode conferir os dados dela e das outras aqui embaixo:

Trilha 01 - Cliff Path loop
Trilha: Cliff Path loopCliff Path loop
Distância: 6km
Elevação: 130m
Tempo: 2h
Nível: Fácil

A trilha começa já na estação de trem, onde seguindo as setas verdes indicadores dessa trilha você é levado pelo caminho ao longo dos cliffs até chegar ao “The Summit” onde é possível ter uma visão de Lambay Island e Ireland’s Eye além da baía de Dublin.

Trilha 02 - Tramline loop
Nome: Tramline loopTramline loop
Distância: 7km
Elevação: 130m
Tempo: 2h
Nível: Fácil

Também saindo de dentro da estação de trem da vila, só que dessa vez seguiremos as setas indicadoras azuis referente a essa trilha até chegar aos imensos Cliffs que servem de lar para diversas aves e ao “The Summit” onde é possível ter uma visão de Lambay Island e Ireland’s Eye além da baía de Dublin.

Trilha 03 - Black Linn loop
Nome: Black Linn loopBlack Linn loop
Distância: 8km
Elevação: 130m
Tempo: 2h30 – 3h00
Nível: Moderada

Também saindo de dentro da estação de trem da vila. As setas indicadoras dessa trilha são as vermelhas, seguindo-as você passará por diversos cliffs além de ter uma magnifica vista para todo o oceano. Além disso a trilha se estende pela mata no interior.

Trilha 04 - Bog of Frogs loop
Nome: Bog of Frogs loopBog of Frogs loop
Distância: 12km
Elevação: 240m
Tempo: 3h00 – 4h00
Nível: Difícil

Também saindo de dentro da estação de trem da vila. As setas indicadoras dessa trilha são as roxas, seguindo-as você passará por diversos cliffs, algumas praias acessíveis, além também de passar em lugares com vegetação fechada e lindos descampados de flores rasteiras.

A Trilha em Howth

Chegando em Howth, sai da estação de trem e fui direto para o começo da trilha. Você tem que passar por uma parte da cidade até chegar lá, então além do centro você também passa por uma rua de área residencial até chegar no verdadeiro começo da trilha.

Nessa parte não há mais asfalto, são caminhos de terra em meio a vegetação rasteira local e algumas pedras. O começo da trilha trata-se de uma subidinha bem de leve. Terminando a primeira parte da subida chegamos há um local onde é possível ter uma vista panorâmica de Howth além de toda a imensidão do atlântico norte. Como eu disse essa parte da trilha é cheia de turista e as vezes se torna sufocante pela quantidade, principalmente para quem é acostumado com trilhas desertas e com apenas o som da natureza.

Conforme vamos andando o número de pessoas vai diminuindo, só faz os 12km quem realmente foi pra trilhar. O caminho segue dessa forma, de um lado a trilha e as montanhas, do outro os cliffs e o mar. Em alguns pontos podemos encontrar pequenas praias (de pedra) acessíveis, em algumas é preciso descer algum penhasco, em outras o acesso é mais fácil. Ah, lembrando também que é praticamente impossível se perder nas trilhas, ainda mais porque há uma vasta sinalização mostrando o caminho certo para cada uma.

O tempo ainda estava bem nublado, mas aos poucos os fracos raios de sol iam perfurando as nuvens, até o momento em que em um curto período de tempo o sol apareceu para iluminar e colorir todo aquele lugar, e claro, nos dar alguns minutos de calor em meio aquele gelado vento.

Depois de algumas horas caminhando à beira dos Cliffs a trilha se curva para o interior, ou seja, nessa parte começamos a subir um pequeno morro e passar por vegetação mais fechada. Em um momento parece que a trilha termina pois você vê uma estrada de carros, mas ela apenas cruza essa estrada. Ela continua em forma de subida, e no topo do morro já podemos ter uma vista panorâmica de Dublin no horizonte. Caminhando mais alguns quilômetros nós cruzamos um campo de golf, onde em seguida a trilha em mata fechada é retomada até ser finalizada em uma área residencial onde termina bem em frente a estação de trem.

Resumindo, é uma trilha bem legal e que oferece paisagens bem bonitas, ótimo para se fazer quando não tiver nada para fazer em Dublin. Uma dica legal é aproveitar os dias de sol, pois até as cores do lugar mudam quando faz sol. Nublado fica tudo muito cinza.

Comente pelo Facebook

comentários

Post anterior

Trekking ao Fitz Roy na Patagônia Argentina

Próximo post

10 lugares que ameaçam mudar ou desaparecer do mapa

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *