0
Shares
Pinterest Google+

A Irlanda é mesmo uma caixinha de surpresas, cada lugar mais surpreendente do que o outro e eu nem sei mais o que esperar daqui. Falo isso depois que fui conhecer Gelndalouhg a convite da Academic Bridge e da Wice Intercâmbio. O lugar é sensacional, tem ruínas de uma cidade monástica além de 2 lagos e uma grande área verde. Vale uma visita e quem sabe passar o dia inteiro lá.

Como chegar a Glendalough?

O vale de Glendalough está cerca de 60km do centro de Dublin, localizado no condado de Wicklow. Você pode ir de ônibus através das linhas 11, 39A e 46, mas já aviso que o lugar é longe então pode ser que a viagem saia um pouco cara e demore mais de 2 horas e os horários dos ônibus para lá devem ser bem restritos. De carro você pode ir pela via R755 ou se preferir pode ir com tour, que além de Glendalough passa em vários outros lugares.

A história de Glendalough

Glendalough é um dos lugares monásticos mais importantes de toda a Irlanda. Foi fundado no século VI por St. Kevin e destruído em por tropas inglesas em 1398. Kevin vinha de uma família muito importante da Irlanda e cresceu em Gelndalough sendo instruído por 3 religiosos. Algum tempo depois ele retornou a Glendalough e fundou o monastério. Hoje em ruínas o monastério apresenta uma torre antiga com mais de 30 metros de altura e que na época servia como proteção de ataques de vikings, além da igreja de St Mary e a igreja de St Kevin que são construções aos estilo românico e datadas do século XII e um grande cemitério medieval onde até hoje algumas famílias enterram seus entes ali.

A visita a Glendalough

A entrada em Glendalough é gratuita, então é possível acessar o estacionamento e toda a estrutura do lugar totalmente free. Na entrada tem uma área verde bem grandona e em seguida é possível ter acesso aos banheiros, restaurantes e algumas barraquinhas de souvenirs.

Na primeira parada do lugar nós acessamos o cemitério onde há uma centena de lápides, algumas tão antigas que nem é possível mais ver o que há escrito nelas. Na parte do cemitério também estão as 2 igrejas datadas do século XII e a torre de pedra com 30 metros de altura que servia para proteger as pessoas dos ataques dos vikings. Nesse percurso o guia do tour explica diversos detalhes da história do lugar.

Em Glendalough existem 2 lagos, o Lower Lake que é o lago mais baixo e o Upper Lake que é o lago que está na parte mais alta do lugar. É possível fazer uma trilha que passa pelo Lower Laker e chega até o Upper Lake. São 2 trilhas diferentes, uma de 1,4km e a outra de 1,6km, particularmente eu achei a mais longa melhor, porque dela é possível ter uma vista melhor das montanhas, então você pode fazer a ida pela maior e voltar pela menor.

No final dessa trilha nós chegamos em uma área gramada bem grande, onde muitas famílias vão para passar o dia e fazer pique-niques. Andando um pouco mais chegamos ao Upper Lake, um lago gigante encravado no meio das montanhas e que formam juntos uma paisagem de muitos contrastes. Ali tem alguns bancos para sentar, mas difícil é ficar por muito tempo uma vez que o vento frio não perdoa, mas mesmo assim o lugar é fantástico.

Além de Glendalough: Wicklow Mountains

Glendalough está na região de Wicklow, região que por sinal tem um monte de atrações, uma delas é o Loch Tay mais conhecido por todos como Lago da Guinness. Ele leva esse nome por parecer muito com a Guinness, a tipica cerveja preta irlandesa e também pelo fato de que a residência abaixo pertencem aos donos da Guinness. Obviamente o lago não é feito de cerveja, mas leva essa coloração por um material natural que se encontra na região, como se fosse uma madeira um pouco úmida e escura que dá a coloração aos lagos e rios da região.

Outro lugar que acabou ganhando fama no meio das montanhas é uma ponte, isso mesmo. Essa ponte foi usada como locação nas filmagens de “PS. Eu Te Amo“, ownn. Bom, para falar a verdade eu nunca assisti ao filme pois não é um dos meus gêneros preferidos, mas procurei no youtube essa cena e achei, apenas alguns segundos que trouxeram fama internacional para uma ponte no meio do nada.

Lugares lindos com paisagens singulares, acho que assim posso descrever esse pedacinho da Irlanda. Minha passagem por Glendalough e Wicklow Mountains foi um convite da Academic Bridge College e da Wice Intercâmbio.

Comente pelo Facebook

comentários

Post anterior

As incríveis formações de Giant's Causeway

Próximo post

Visitando Dunluce Castle e Carrick-a-rede

1 Comment

  1. […] também pode ir com um Day Tour, no qual além de Kilkenny você pode visitar outros lugares como Glendalough e Wicklow […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *