Home»Experiências»Partiu Irlanda! Partiu Dublin!

Partiu Irlanda! Partiu Dublin!

0
Shares
Pinterest Google+

Tá chegando a hora, hora de ir embora encarar uma nova fase. Apenas algumas horas me separam da Ilha Esmeralda, mais conhecida por todos como Irlanda. Sim, a partir de agora as aventuras do Tô Longe de Casa serão na Europa, mas até que essas aventuras comecem vai demorar um pouco, e enquanto isso uma mistura de sentimentos acontecem comigo.

Sabe, sinto uma tremenda felicidade de ter uma oportunidade dessas no qual estou saindo de casa para morar em outro país, mas ao mesmo tempo fico triste de ter que deixar minha família, meu amigos e as coisas que conquistei no Brasil para trás. Ah, também não posso esquecer dos meus gatos e do meu cachorro, além da comidinha da minha mãe!

Mas como pode Leonardo? Você é um viajante e está passando por essa crise? Pois é meu amigo, até eu estou de cara. Mas uma coisa é dar um tempo na sua vida e fazer uma viagem de 15 ou 30 dias e outra bem diferente e ficar fora por tempo indeterminado.

A ideia de um intercâmbio era coisa antiga, sempre quis fazer, porém nem meus pais e nem eu nunca tivemos condições financeiras, querendo ou não é algo caro ainda. Vale lembrar também que não sou rico, essas viagens loucas que faço são esforço da vez que trabalhei de telemarketing, vendedor de óculos em shopping, panfletando na rua, corretor de seguros e  por último redator em agência de publicidade. Não pense que essas viagens caem do céu e com esse intercâmbio não foi diferente. Foi trabalhando muito e cortando muita coisa supérflua.

Fruto de um impulso causado por uma insatisfação pessoal eu vi que era hora de dar esse passo na minha vida. Eu não tinha um puto no bolso, fiz uma breve pesquisa, calculei o orçamente e pensei: “porque não? pior do que tá não fica!”. Parcelei o curso de inglês, passei as passagens no cartão de crédito, fiz um empréstimo, larguei meu emprego, dei um tempo na faculdade e finalmente estou partindo para um país que eu se quer conheço a língua nativa.

Agora é hora de encarar as consequências com a mesma empolgação de quando tomei a decisão, pois é dessa forma que poderei alcançar meus objetivos! Um mix louco de sentimentos que só quem tá abrindo mão de tudo e todos pela primeira vez sabe.

Comente pelo Facebook

comentários

Post anterior

Os pontos turísticos de Brasília

Próximo post

Viajando de Iberia e Iberia Express

5 Comments

  1. Paulo Roberto
    25 de janeiro de 2015 at 04:19 — Responder

    Te desejo tudo de bom nesta nova e empreitada. Encare como mais uma viagem de 30 dias e logo vai começar a colher os frutos.

  2. Paulo Roberto
    25 de janeiro de 2015 at 04:23 — Responder

    Em tempo. Quem sabe um dia vamos ser companheiros em um tour que descobri na Irlanda. Viagem em carroção cigano.

  3. […] exatos 1 ano atrás eu escrevia um pequeno texto antes de partir para Irlanda e hoje escrevo mais […]

  4. 29 de março de 2017 at 11:23 — Responder

    Muito bom artigo!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *