f

Get in on this viral marvel and start spreading that buzz! Buzzy was made for all up and coming modern publishers & magazines!

Fb. In. Tw. Be.

Diferença entre Albergue e Hotel!

Muita gente que vai mochilar pela primeira vez vem me perguntar qual a diferença desses dois tipos de hospedagem e me perguntam qual é o melhor, obviamente que eu falo que é o albergue, porém gosto é uma coisa que não se discuti.

Existe gosto para tudo nesse mundo, geralmente o hotel proporciona uma maior tranquilidade e comodidade para a pessoas, não que o albergue não proporcione, mas não é muito o padrão. Ah, e eu queria frisar que um albergue não tem nada haver com o filme “O Albergue”, aquilo é pura ficção e até hoje não ouvi relatos de algo parecido, então por favor, não associem uma coisa a outra. Bom, eu já fiquei nos dois tipos de hospedagens, hotéis e albergues e contarei aqui o que eu acho de cada um, que pode ser também o mesmo que você ache.

O Hotel

Geralmente os hotéis lhe proporcionam todo o conforto possível, quartos com boas acomodações e banheiro com água quente e fria. É fácil de encontrar um frigobar no quarto, eu geralmente peço para esvaziá-lo, porque vai que some algo e dizem que foi eu que consumi né. Nos hotéis também há o serviço de quarto em que a camareira vai lá e deixa tudo arrumadinho enquanto você conhece a cidade. Boa parte dos hotéis servem apenas o café da manhã, que é bem farto, alguns oferecem almoço e jantar porém é mais difícil e quando há esse serviço é mais caro. Eles prezam também na qualidade do serviço a informação ao turista, chamam táxi, dão dicas, mas alguns cobram por isso. O hotel é um tipo de hospedagem bem individual, pois é bem mais difícil, porém não impossível de você interagir com seu vizinho de quarto.

Quarto de hotel em Buenos Aires! Bagunçado não!?

Quarto de hotel em Buenos Aires! Bagunçado não!?

Bem apertadinho o hotel!

Bem apertadinho o hotel!

O Albergue / Hostel / Hostal

O albergue segue quase os mesmos princípios do hotel, a diferença é a interação que você faz com outras pessoas que estão hospedadas, começando pelos quartos, além de disponibilizar quartos individuais, também fica a critério do hospede se alojar em um quarto compartilhado, nesse caso é uma habitação com mais de 4 camas, algumas chegam a 20 ou 30, você aluga a cama e não o quarto e se chegar outra pessoa, ela também pode ficar no mesmo quarto que você, isso permite uma interação maior com gente do mundo todo, e é o que faz a diferença em um albergue. Os banheiros contam também com água quente (que às vezes esfria) e fria, podem ser também compartilhados com todo o albergue ou com todo o quarto que você ficar, muita gente acha que é sujo e porco, mas eu mesmo nunca passei por uma situação dessas, e olha que já me hospedei em mais de 15 albergues pela América do Sul, achei super normal, cada um levando seus itens de higiene pessoal não haverá problemas.

Albergue em Arequipa no Peru

Albergue em Arequipa no Peru

Alberguem em Foz do Iguaçu no Brasil

Alberguem em Foz do Iguaçu no Brasil

Albergue em Ushuaia na Argentina

Albergue em Ushuaia na Argentina

Os albergues também oferecem café da manhã incluso na sua diária, e são cafés fartos e muito bons, almoço e jantar não são disponibilizados porém os albergues oferecem cozinha, você pode ir ao mercado, comprar seus ingredientes e preparar aquela macarronada que com toda certeza vai sair mais barato que comer em algum restaurante. Serviço de informação ao turista não deixado de lado em albergue, em todos que fui, sempre me receberam bem, me entregaram mapas, explicaram as linhas de ônibus, todas as dicas possíveis. Também possuem áreas de convivência, como sala de jogos, bar, internet inclusa e um monte de regalias, tudo para motivar a interação entre os hospedes e se brincar no fim da noite ainda rola uma festinha.

Cozinha no Albergue de Foz

Cozinha no Albergue de Foz

Sala de convivência no albergue de Ushuaia

Sala de convivência no albergue de Ushuaia

A segurança em um albergue também não deixa a desejar, mas é claro que o hospede tem que fazer por onde né. Cada albergue oferece um locker ou  armário para o seu hospede mas ele é quem tem que levar o cadeado para deixar suas coisas trancadas, às vezes deixar sua mochila aberta em um quarto compartilhado com 15 pessoas pode não ser tão seguro, se bem que eu já deixei e nunca me roubaram nada.

Ambos tem seus pros e contras. Apesar de me hospedar muito em albergues eu não sou odiador de hotéis, apenas não os escolho como primeira opção por questões financeiras. Mas vale se hospedar no dois para conhecer melhor cada um.

Comente pelo Facebook

comentários

Olá! Meu nome é Leonardo, tenho 29 anos, sou de Brasília - DF, mas moro na Europa há mais de 4 anos. O desejo de viajar somou com uma frustração que aconteceu e me fez sair do Brasil. Eu amo viajar, conhecer lugares, pessoas e culturas, tanto que resolvi criar o blog Tô Longe de Casa para poder compartilhar com as pessoas todas essas minhas experiências pelo mundo.

Postar um comentário

You don't have permission to register