Home»América do Sul»Argentina»A simpática El Calafate

A simpática El Calafate

0
Shares
Pinterest Google+

O destino a El Calafate era um desejo desde 2011 onde não pude realizar devido as variações do vulcão Puyehue no Chile e que cancelou todos os voos por aquelas bandas. Eis que em 2013 surgiu uma oportunidade e eu parti para o sul, foram longas horas de espera em 2 aeroportos até chegar lá, mas consegui,

Como chegar em El Calafate?

O Perito Moreno fica perto da cidade de El Calafate, então é preciso tomar um voo até lá. Saem voos regulares de Ushuaia, Río Gallegos e  Buenos Aires, todos direto para El Calafate. Os valores variam muito e podem ultrapassar os R$500,00 só ida.

Para os mais corajosos é possível ir de ônibus também. Isso não será problema se você  sair de alguma cidade da Patagônia, mas se sair de Buenos Aires terá que encarar mais de 36 horas de viagem até Río Gallegos e lá tomar outro ônibus até Ushuaia. Os Valores das passagens variam também e em alguns casos podem chegar a ser iguais as de avião.

El Calafate (1)

Onde se hospedar em El Calafate?

Por ser uma cidade bem turística, opções de hospedagem não faltam em El Calafate, lá você irá encontrar desde os mais chiques hotéis até os mais simples albergues. Eu fiquei no America del Sur Hostel, muito bom o lugar, não é nada 5 estrelas, mas atendeu todas as minhas necessidades, tinha um quarto bom, água quente, internet, pessoas legais e uma cozinha que só deixou a desejar por ser pequena. Lá eu fiquei por 3 noites em um quarto compartilhado com 4 camas e banheiro privado, tudo isso ficou por AR$246,00.

Desembarcando e conhecendo a cidade

Chegando no pequeno aeroporto é bom ficar atento pois há uma revista na bagagem, sim, revista na chegada, a entrada lá é como se você tivesse chegando em outro país, querem saber se você está trazendo alimentos frescos e tal. No aeroporto é possível contratar um transfer para a cidade, que fica mais barato que pegar um táxi. O transfer custa AR$45,00 e te deixa onde você quiser na cidade.

El Calafate (2)

Chegando e me alojando no albergue eu fui conhecer a cidade, nesse primeiro dia fiquei só de bobeira mesmo, fazia muito sol de dia e dava até pra suar. Aproveitei para ir ao mercado comprar água, pão, salame e mais algumas coisas pra lanchar e fui há um parque perto do centro aonde tem um mirante que dá pra ver toda a cidade, muito bonito, fiquei lá até o sol se por e o tempo começar a esfriar. Em sí, El Calafate é uma cidade bem pequena e bem aconchegante, as ruas e as casinhas são bem bonitas com muitos restaurantes e lojinhas de artesanatos mas o que mais atrai o turismo por lá é o Glaciar Perito Moreno.

El Calafate (4) El Calafate (5) El Calafate (12)

Não podia deixar de conhecer o Perito Moreno não é mesmo? Então foi pra lá que fui, se quiser saber como conhecer esse lugar basta dar uma lida no post que fiz sobre a Visita ao Perito Moreno.

El Calafate (8) El Calafate (10) El Calafate (11)

Após a visita a grande geleira eu retornei a El Calafate e era hora de dar mais uma volta para conhecer melhor a cidade. Nesse dia andei pra caramba, a cidade é quase toda plana e é fácil de se caminhar por lá, dei uma volta pelo comercio e suas aconchegantes lojas de souvenir, praças e a orla do Lago Argentino, que apesar de ser bonito e ter alguns patos nadando, não é muito limpo nas margens perto da cidade. Andei pra caramba nesse dia, mas valeu e pena.

Em Calafate também tem várias praças para se passar o dia, com jardins bem verdes e floridos. Outra curiosidade também é a quantidade de cachorros na rua, de todas as raças, um pitbull me seguiu no meu primeiro dia, confesso que morri de medo na hora, afinal era um pitbull, mas no fim viramos amigos, como muitos outros que conheci lá e que foram minhas companhias.

El Calafate (6)

Por fim, El Calafate é uma cidade muito aconchegante e vale muito a pena uma visita.

Comente pelo Facebook

comentários

Post anterior

Tô Longe de Casa #2 | El Calafate

Próximo post

O ano do Brasil no Everest

8 Comments

  1. Gabriel
    20 de outubro de 2013 at 01:42 — Responder

    Cara adorei sua experiência, muito legal!! Pelo visto você deve ter gastado um valor razoável nessa viagem em calafate heh

    • 20 de outubro de 2013 at 02:13 — Responder

      Oi Gabriel!! Olha, depende muito, fiquei 4 dias em El Calafate e só lá eu gastei R$833,00 incluso hospedagem, alimentação, transfer do aeroporto, passagens de bus a El Chaltén, passeio ao Perito Moreno e Torres del Paine e umas comprinhas básicas!!

  2. Marcelle
    25 de julho de 2014 at 10:26 — Responder

    Gosto muito do seu blog !!! Muito bom, Parabéns

  3. samuel
    14 de agosto de 2014 at 22:09 — Responder

    ola camarada … vi seu video na internet e estava procurando um lugar pra viajar e queria que fosse um lugar diferente e nao tao caro e longe entao quando vi seu video de la laguna dos tres comprei as passagens as pressas e estarei la dias 28 ao dia 31 en calafate eu queria ir mesmo pra el chaten en la laguna dos tres …mas el calafate me pareceu mais seguro pois parece que en el chaten e feio a coisa la agora nesses meses… nao sei nem se tem onibus pra la .. mas gostaria de fazer derrepente um bate volta,la…vc sabe me dizer se tem como eu ir,la no,dia 28 fazer essa trilha laguna no dia 29 e,voltar no dia 29,mesmo
    . la e,seguro? bandidos. pessoas mal,encaradas…rsrsrs o que,eu posso,fazer la em somente em 4 dias.. se,possivel precos… e um lugar q possa tirar uma foto com o,fitzroy de,fundo,no meu aniversario dia 29..de agosto..ai responde ai,pois vc e culpado por isso..rsrs abs

    • 15 de agosto de 2014 at 12:34 — Responder

      Oi Samuel!! Cara, não se preocupe, talvez El Chaltén seja a cidade mais segura que você possa conhecer. Ela é a cidade mais nova da Argentina, bem tranquila e pacata, sem bandido, sem roubos, com pessoas muito educadas e prestativas, seu único problema pode ser as fortes rajadas de ventos que tornem o clima um pouco mais frio do que já é. Antes de fazer a trilha, verifique se elas estão abertas, pois como é inverno pode ser que tenha nevado muito e as trilhas estejam fechadas.

      Existem ônibus que saem do terminal rodoviário de El Calafate para El Chaltén, você pode comprar as passagens direto lá, através do lugar em que vc vai ficar hospedado ou você pode entrar no site http://www.plataforma10.com/ e comprar por lá. Você pode fazer um bate e volta, mas para ir ao Fitz Roy aconselho a dormir lá por uma noite, visto que a trilha leva 1 dia inteiro para ser feita e vc vai voltar bem cansado.

      Sobre tirar uma foto com o Fitz, vai depender do clima, que é muito instável, você pode chegar lá e estar tudo nublado e não ver absolutamente nada ou pode chegar e pegar um dia de céu azul e sol. Mas mesmo que vc acorde e o dia esteja nublado, vá assim mesmo pois o tempo pode mudar. É isso vai, vai dar tudo certo, você vai curtir!

  4. Arjuna
    20 de agosto de 2014 at 12:16 — Responder

    E ai mermão, tudo certo contigo?
    Primeiramente, parabéns pelo site. Tudo muito organizado.
    Eu estou indo para TDP e gostaria de saber se em El Calafate o comércio aceita a nossa moeda ou então Dólares.
    Aproveitando, existem muitas casas de câmbio e mercados para as compras de alimentos?

    Abraço e continue com o bom trabalho!

    • 20 de agosto de 2014 at 13:02 — Responder

      Oi Arjuna!

      Te aconselho a levar dólar ou trocar por pesos argentinos em Buenos Aires. Lá tem casas de câmbio mas com valores bem ruins, e eu vi apenas 1 em El Calafate. Algumas lojas de souvenir e de roupas fazem câmbio também. Com relação a mercados não precisa se preocupar, lá tem um supermercado grande que tem muita coisa. 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *